CAPELA SANTA SUZANA 
Rua David Ben Gourion, 777 - Morumbi - São Paulo.



Inspirado no afresco histórico original (séc. VI) encontrado na residência de Santa Suzana, em Roma, Prata propôs um painel central que respeita a rara iconografia desta Santa e Mártir cuja devoção era muito fervorosa nos primeiros séculos da Cristandade. 
O artista sacro elaborou a pintura de cerca de 20 metros quadrados em cerca de 30 dias, na técnica da cera de abelha saponificada e emulsionada. 

Os Santos laterais foram adaptados para melhor conviver com a arquitetura. Os originais tinham os corpos desproporcionais. A Pintura foi realizada em encáustica a frio e pigmentos sobre parede, com aplicação de vidros importados nos adornos das Santa Ágata e Suzana, e de Nossa Senhora, representada no centro da composição Bizantina. A douração das auréolas (esplendores)  foi feita com falso ouro.

agnusO Vitral para o lustre da capela foi executado com vidros importados, montadas na técnica do silicone sobre vidro float, sem chumbo. Receberam pintura com esmaltes com posterior queima no forno, para a modulação das formas.
Na foto ao lado, a execução do projeto do vitral.
agnusagnus